Esporte Comunitário: Reafrio apoia projeto desenvolvido pela Unimed SC

Institucional
Compartilhe

Um dos valores da Reafrio é a responsabilidade social, por meio de ações humanitárias. Esse compromisso da empresa com o desenvolvimento das pessoas e a preocupação com o futuro é o que leva a Reafrio a apoiar e liderar diversas iniciativas, tanto em seu ambiente interno, junto aos colaboradores, quanto no externo, com ações voltadas à comunidade.

 

Entre elas, está o Esporte Comunitário, um projeto social da Unimed Santa Catarina, desenvolvido em Maravilha há cinco anos, por meio de parceria com a Reafrio e a Escola de Educação Básica João XXIII.  Dentro do projeto, 40 alunos, com idade entre sete e 13 anos, divididos em quatro turmas, têm aulas semanais de tênis de quadra, na sede social da Reafrio.

 

Conforme o professor responsável, Douglas Lago, o tênis de quadra não é muito difundido na região, mas é por meio dele que algumas crianças têm ganhado gosto pelo esporte e, principalmente, pela modalidade. O objetivo do projeto, segundo ele, é contribuir no desenvolvimento da cidadania das crianças através da prática esportiva, além de promover a saúde e bem-estar. 

 

“Procuro trabalhar com as crianças da melhor forma, para que mantenham o respeito com os colegas, assim como apresento para os pais um boletim de frequência e realizo reuniões para que possam acompanhar o andamento das atividades” enfatiza Lago.

 

As aulas são ministradas de forma simples e descontraída, por meio de jogos individuais, coletivos e dinâmicas específicas, utilizando raquete e bolas de diferentes tipos, respeitando a individualidade e a progressão dos alunos. 

 

De acordo com o professor, além dos estudantes participarem da modalidade gratuitamente, eles ganham uniforme e lanche em todos os treinos. Além disso, em caso de problema de saúde, a Unimed consegue, por meio do projeto, encaminhar para atendimento médico. 

 

O projeto na Unimed

 

O Projeto Esporte Comunitário se mantém há muitos anos, como uma importante iniciativa na área esportiva. Esse projeto é realizado em várias Unimed do Estado, inclusive com outras práticas esportivas, tais como: futsal, surfe e judô.

 

A Unimed escolheu a modalidade do tênis de quadra por ser pouco desenvolvida na região, dando aos alunos a oportunidade de experimentar um esporte diferenciado.

 

Implantado em meados de 2005, o propósito do projeto é oportunizar a prática do tênis aos alunos da rede pública de ensino, cumprindo um importante papel social. São atendidos anualmente em torno de 120 alunos, na faixa etária de seis a 12 anos, distribuídas em duas turmas de São Miguel do Oeste e duas na cidade de Maravilha.

 

Conforme a subgerente da Unimed Extremo-Oeste Catarinense, Patrícia Leidens, já saíram desse projeto grandes talentos, que inclusive passaram a jogar profissionalmente. Outros alunos também decidiram seguir profissões voltadas ao esporte, como Educação Física.