Free stall ou compost barn: Qual sistema utilizar na minha propriedade?

Free stall ou compost barn: Qual sistema utilizar na minha propriedade?

Artigos técnicos
Compartilhe

Uma dúvida bastante recorrente entre os produtores rurais é sobre qual sistema de alojamento utilizar para seus rebanhos leiteiro: Entre free stall e compost barn, qual é o mais indicado para minha propriedade?

Abaixo, trazemos mais informações para ajudá-los a tomar a melhor decisão. Antes, entretanto, precisamos deixar claro que é cada um desses sistemas. Vamos lá?

O que é o compost barn

É basicamente um estábulo com material de compostagem, ou seja, um galpão ventilado e sem repartições internas, com área de descanso comum para as vacas e com a superfície coberta por serragem, maravalha ou casca de café.

Como funciona o free stall

No alojamento com sistema free stall, cada vaca possui uma cama, separada por repartições metálicas ou de madeira, sendo que a areia é o material mais comum utilizado nessas superfícies.

E agora, qual escolher?

Existem alguns fatores a serem analisados antes de definir qual sistema é mais vantajoso para sua propriedade. Confira:

- Padrão do gado

Se o seu rebanho não segue um padrão, o mais indicado é o compost barn. As camas individuais do free stall são recomendadas quando você tem um padrão e consegue fazer o melhor aproveitamento das camas e do espaço disponível.

- Sanidade

O free stall, por ser revestido de areia e não de material orgânico, permite que você tenha maior segurança do ponto de vista micirbiológico, sendo menor a probabilidade das vacas contraírem mastite, por exemplo.

- Manejo de cama

No compost barn, você vai precisar utilizar o escarificador duas vezes ao dia para fazer o manejo de cama e evitar o excesso de umidade, enquanto no free stall terá que fazer a arrumação da cama manual, com enxada, e a reposição da areia, para garantir que a suprefície fique sempre uniforme.

- Conforto

A cama de areia do free stall tende a ser mais fria que a cama com maravalha (ou outro material) utilizada no compost barn. Além disso, por permitir que as vacas deitem em qualquer posição, sem ter um limitador de espaço, podemos dizer que o compost barn é mais confortável.

- Casco

No free stall, se as vacas não estiverem na cama, estarão em contato com o concreto, por isso, o desgaste dos cascos pode ser grande. Já no compost barn, o material é mais macio e tende a evitar a ocorrência de lesões traumáticas nos cascos.

- Área de construção

A área exigida pelo free stall é menor, pois a construção é mais compacta e permite alojar mais animais por metro quadrado.

- Manejo de dejetos

No free stall, você terá que fazer um manejo específico para os dejetos, pois não poderá jogar em uma área de lavoura com areia misturada. No compost barn, por sua vez, apenas cerca de 30% dos dejetos produzidos vão para o tratamento e não há mistura de material que não possa ser jogada em área de agricultura.

Ainda em dúvida sobre qual sistema adotar?

Os dois sistemas de alojamento são excelentes e têm suas particularidades e desafios. O que vale, na verdade, é você ter processos de trabalho bem definidos e corretos na sua propriedade, garantindo o conforto animal e a alta produtividade do seu rebanho.

Se você ainda ficou com dúvidas sobre o assunto, entre em contato com os técnicos da Reafrio, ou pelo formulário de contato do site. Estamos à disposição para ajudá-lo!

Informações: https://www.milkpoint.com.br/artigos/producao/freestall-ou-compost-barn-e-agora-219844/